sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Talvez nem me queira bem, porém faz um bem que ninguém me faz.


terça-feira, 2 de outubro de 2012

domingo, 9 de setembro de 2012

Memória

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas,
muito mais que lindas,
essas ficarão.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

A sete chaves


Ela é a moça que sonha
o tempo não lhe escorregar.
Seus segredos não vêm à tona,
porque hão de se preservar.

Como pode, assim, um coração,
a sete chaves se trancar?
Pode esconder a emoção,
com tanta ternura no olhar?

É só lembrar pra ver!

É, parece que ela tem na ponta dos dedos
o caminho que trilhar.
Parece sofrer com a espera de tudo que sonhar,
mas é seu jeito de levar!

Qualquer coisa que lhe destoa
é pouca para lhe faltar,
sabe a hora de rir à toa
e também a hora de chorar.

Ela pode ter um novo amor,
para em mil pedaços revirar.
Peca na incerteza da paixão,
mas num passo sabe contornar.

É só lembrar pra ver!

É, parece que ela sente as cores do vento;
e o destino que traçar.
Parece temer a força que vem de dentro...
encantar, pra nunca mais me deixar...
Pra sempre me levar!

                                                             
Porque a banda Maglore me musicou. 
Porque essa letra sou eu em forma de canção.

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Para atravessar agosto é preciso antes de mais nada paciência e fé. Paciência para cruzar os dias sem se deixar esmagar por eles, mesmo que nada aconteça de mau; fé para estar seguro, o tempo todo, que chegará setembro – e também certa não-fé, para não ligar a mínima às negras lendas deste mês de cachorro louco. É preciso quem sabe ficar-se distraído, inconsciente de que é agosto, e só lembrar disso no momento de, por exemplo, assinar um cheque e precisar da data. Então dizer mentalmente ah!, escrever tanto de tanto de mil novecentos e tanto e ir em frente. Este é um ponto importante: ir, sobretudo, em frente

sábado, 14 de julho de 2012

domingo, 8 de julho de 2012

Vem  cuidar  de  mim,
vamos  ver  um  filme,
ter  dois  filhos,
ir  ao  parque,
discutir  Caetano.
planejar  bobagens
e  morrer  de  rir...

quarta-feira, 20 de junho de 2012


"Só o riso, o amor e o prazer merecem revanche.
O resto, mais que perda de tempo, é perda de vida."



segunda-feira, 16 de abril de 2012

 “O amor é dar a alguém a habilidade de te destruirmas confiar que ele não o fará.”

(Desconheço a autoria; acredito ser frase de algum seriado.)

domingo, 15 de abril de 2012

"Antes de tudo, que pode haver de mais doce e precioso do que a vida?"

(Página 23 do livro Elogio da Loucura)

"Você não brinca com uma criança ou colore uma figura com ela para mostrar superioridade. Pelo contrário, você escolhe se limitar para facilitar e honrar o relacionamento. Você é até capaz de perder uma competição como um ato de amor. Isso não tem nada a ver com ganhar e perder, e sim com amor e respeito." (A Cabana, pág. 97)

sexta-feira, 13 de abril de 2012

"(...)e ambos chegaram a um profundo entendimento como dois dançarinos que se movessem ao som da música de seus corações."

(idem)
"E foram felizes para sempre... como naqueles contos de fadas  que nós ouvíamos quando éramos crianças...e foram felizes porque entenderam que felicidade é uma coisa boa e que não devemos mandá-la embora só porque não estamos acostumados a ela."

(Voz ao fundo de cena entre personagens Cláudia e Vicente em Aquele Beijo - 2011/2012)

sábado, 7 de abril de 2012


"Não me arrependo de nenhum erro cometido, pois, se não fossem eles, jamais teria aprendido o que é errar." (Imagem e frase do filme De repente 30 - 2004)

Chegamos aos temidos (?) 30 anos. Não foi o melhor aniversário da minha vida, certamente, mas é uma crença tão grande numa vida melhor...A gente chega a essa idade sabendo que os tombos machucam sim, mas a gente levanta mais equilibrada. A gente aprende que nossa felicidade está somente em nossas mãos, por mais que a compartilhamos com pessoas queridas e amadas. Apesar dos pesares, eu tô feliz.
Bem vindo, 30! ; )

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Que pena que a vida quis assim...

Me fale das andanças, ex amor, dos melhores momentos que passou, me fale que vou te falar dos meus: Eu tenho todo tempo pra ouvir!
Os melhores momentos que eu vivi são todos que passei ao lado teu.
Mas se você quiser, não vou lembrar, pra não te constranger, me ver chorar, a gente fala então do que virá.
Eu tenho toda vida pela frente e vou viver da forma mais urgente!
Quem sabe um dia eu pare de te amar?
E mesmo que isso possa acontecer, eu vou sentir saudade de você, que culpa pode ter o coração?
Que pena que a vida quis assim: você viver feliz longe de mim, a dor rindo da minha solidão...
Se alguém vier pedir o meu conselho, a gente não aprende no espelho, a gente vive e sofre pra aprender. Cada amor é tanto e diferente, a vida insiste em dar esse presente, comece o dia amando mais você!